Título: Misterioso — Selvagem Irresistível
Autor(a): Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Número de páginas: 335
Classificação: 4/5

Vai fazer dois anos desde que entrei em contato com as obras da Christina Lauren — é o nome combinado de duas co-autoras Christina Hobbs e Lauren Billings —, e desde então venho tentando acompanhar todos os lançamentos de seus livros — são muitos e às vezes eu acabo me perdendo. E hoje, estou trazendo para vocês do blog a resenha do livro Misterioso, o terceiro da saga Selvagem Irresistível.
"O que acontece em Vegas, fica em Vegas. No entanto, o que não aconteceu em Vegas, parece os seguir em todo lugar Lola e Oliver agradecem por terem tido o bom-senso de não consumarem o casamento bêbado em Las Vegas. E se eles duvidassem que isso fora um erro, a situação de "apenas amigos" não seria tão boa quanto é agora. Ou isso é o que eles pensam... Na verdade, Lola desejou Oliver desde o primeiro dia – e isso só se intensificou com o tempo e com o sotaque australiano dele. Passando mais tempo em casa do que encarando as pessoas, o afeto de Lola por Oliver parece bom demais para ser verdade. Então por que arruinar uma coisa tão boa? Mesmo com tantas garotas rodeando Oliver, ele não consegue se esquecer do que não fez com Lola quando teve a chance. Agora ele tem certeza do que quer com ela... e vai muito além da "friendzone". Quando o trabalho de Lola com quadrinhos se torna um sucesso nacional, e depois é cotado para se tornar uma longa-metragem, Oliver decide ficar ao lado dela para o que ela precisar. Afinal, Lola não é o tipo de garota que gosta de ter todas as atenções voltadas para si, mas talvez ela é o tipo de garota que poderá se atrair por ele." 
O que acontece em Vegas, fica em Vegas. Pelo menos é isso que Lola e Oliver tentam aplicar para o relacionamento deles. Os dois se casaram em Las Vegas, mas ao contrário dos outros amigos — Ansel e Mia, Finn e Harlow — eles foram os únicos que não desfrutaram do casamento que durou apenas algumas horas. Essa decisão foi tomada para preservar a amizade que estava surgindo e com o tempo acabam se tornando amigos inseparáveis. Oliver é um dos poucos caras que sabe de alguns detalhes do passado de Lola, ele se tornou alguém que ela sempre pode contar.

E nesse momento o apoio que um oferece para o outro é mais que essencial. Oliver está abrindo a sua loja de quadrinhos, já Lola está vendo o seu sonho se transformar em realidade: os seus quadrinhos viraram um grande fenômeno e agora a história vai ser adaptada para os cinemas. E mais do que nunca eles precisam um do outro.

Nesse momento ambos começam a perceber que aquela relação vai além da amizade, é óbvio que existe uma atração pelas duas partes. Mas será que vale a pena arriscar a amizade que eles têm? Esse é uma dúvida pertinente, principalmente para Oliver. Contudo, depois de muita coragem os dois acabam se entregando para a avassaladora paixão existente entre eles. Já era tempo.
"Ele tirou a roupa. Oliver fez isso. No seu apartamento."
E em meio a toda correria que sua vida está sendo, Lola vai precisar arrumar um modo de administrar a sua carreira e o seu relacionamento com Oliver. Essa tarefa pode se tornar um pouco complicada devido as constantes viagens que ela precisa fazer, e será que a antiga união e amizade inseparável dos dois vai ser capaz de suportar a distância e a correria?
"Lola tem o mesmo cheiro de sempre — a doçura do mel, a essência de seu sabonete — e seus lábios continuam tão suaves quanto quando lhe dei um beijo de adeus através da janela de seu carro, há poucas horas."
De todos os livros dessa série esse está sendo o meu preferido até o momento. Gostei bastante do desenvolvimento do casal, da amizade que a Lola e o Oliver construíram e como eles perceberam que gostavam um do outro de uma maneira mais intensa. Isso é algo que se assemelha com a realidade das pessoas, quem nunca se apaixonou pelo melhor amigo(a) e teve medo de que isso atrapalhasse a amizade? É uma situação que pode acontecer com qualquer um.

Outra coisa que eu adorei no livro foi o background geek, simplesmente adorei a sensação de ler e reconhecer alguma referência — a minha preferida foi quando eles falaram de Doctor Who, como eu sou uma whovian, uma grande fã da série não podia ter ficado mais feliz com isso. Me apaixonei completamente pelo Oliver durante a leitura, sem dúvida Lola é uma mulher de sorte.

Acho que o único ponto negativo do livro é ele seguir a mesma lógica dos anteriores, de certo modo já é previsível o que vai acontecer. Nesse quesito não tem como as autoras inovarem, afinal de contas por que mudar uma técnica que está funcionando? Não se mexe em time que está ganhando. A leitura fluiu muito rápida e foi tranquila, como sempre a narrativa foi feita em primeira pessoa e em cada capítulo alternava a narração dos personagens, essa é uma técnica que eu gosto bastante. Se você é fã do gênero new adult, você tem que ter esse livro na sua estante!


Deixe um comentário