A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell (Sem Spoiler)

05:01

"Em um mundo pós-2029, é bastante comum o aperfeiçoamento do corpo humano a partir de inserções tecnológicas. O ápice desta evolução é a Major Mira Killian (Scarlett Johansson), que teve seu cérebro transplantado para um corpo inteiramente construído pela Hanka Corporation. Considerada o futuro da empresa, Major logo é inserida no Section 9, um departamento da polícia local. Lá ela passa a combater o crime, sob o comando de Aramaki (Takeshi Kitano) e tendo Batou (Pilou Asbaek) como parceiro. Só que, em meio à investigação sobre o assassinato de executivos da Hanka, ela começa a perceber certas falhas em sua programação que a fazem ter vislumbres do passado quando era inteiramente humana."
O ano é 2029 e a tecnologia passou por grandes avanços, além de estar cada vez mais presente na vida dos humanos. Coisas como inteligência artificial não é apenas um sonho distante de se alcançar, e sim algo já existente que as pessoas podem usufruir. E o auge de toda essa tecnologia é a Major Mira Killian - ou simplesmente Major (Scarlett Johansson). Ela teve o seu cérebro transplantado para um corpo robótico construído pela Hanka Corporation, é como se fosse uma alma dentro de uma máquina.
Por ser o recurso mais poderoso, sendo considerado como o futuro da empresa, Major é treinada e inserida no Section 9, um departamento da polícia local que atua no combate dos crimes cibernéticos — o pior tipo de crime que uma pessoa pode cometer. Essa equipe é comandada por Aramaki (Takeshi Kitano), e Major conta com Batou (Pilou Asbæk) como seu parceiro.

Quando eles têm de lidar com um assassino misterioso que está matando os executivos da Hanka, se torna a missão pessoa de Major conseguir capturá-lo. Contudo, essa jornada vai a fazer questionar coisas sobre o seu passado que é totalmente incerto, pois ela não se lembra de como era a sua vida antes e todas as informações que possui foram fatos que os médicos da Hanka Corporation lhe contaram. Assim, ela parte em busca de tentar descobrir o seu passado, a verdade sobre sua vida passada e no meio de todas essas procuras, Major se dá conta de que o verdadeiro inimigo não é quem ela pensa quem é; se trata de alguém mais próximo dela.
As cenas de ação ficaram bastante dinâmicas, sempre tem algo acontecendo a todo momento do filme. Algo que me chamou a atenção foram as cores vibrantes que se destacavam, além dos efeitos especiais que ficaram muito bons.

Como eu não conheço o anime não fosso fazer comparações com o filme, mas, de acordo com os meus amigos que assistiram os dois, a história acabou ficando um pouco corrida, ainda mais se compararmos com outros filmes do gênero que costumam a ter a proximamente umas duas horas de duração. E na internet eu li diversas críticas a respeito da escalação da Scarlett Johansson, uma atriz estadunidense, para poder interpretar uma personagem originalmente japonesa.

Ficha Técnica

  • Título: A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell
  • Direção: Rupert Sanders
  • Duração: 1h47min.
  • Gênero: Ação, Ficção científica
  • Elenco: Scarlett Johansson, Pilou Asbæk, Takeshi Kitano, Juliette Binoche, Michael Pitt, Michael Pitt, Peter Ferdinando, Rila Fukushima

Curiosidades:

  • Margot Robbie foi considerada para o papel principal.
  • Muitos fãs contestaram a escolha de Scarlett Johansson para interpretar uma personagem japonesa. Várias pessoas protestaram na internet contra a escalação de atores brancos para interpretarem papéis de outras etnias.
  • O título do filme é baseado no termo "Ghost in the machine", usado pela primeira vez por Arthur Koestler, em 1967. O trabalho vai de encontro ao dualismo mente-corpo descrito por René Descartes.
  • A personagem Geisha (Rila Fukushima) apareceu em muitos dos trailers usando uma máscara criada pela Weta Workshop e inspirada no rosto da própria atriz. Até mesmo nas cenas mais chocantes, a produção optou pelo trabalho manual ao invés do uso de efeitos especiais.
  • O nome do Major Motoko Kusanagi foi trocado para Major Mira Killian a fim de ter um nome que não fosse japonês no filme, e, assim, alcançar um público maior.

You Might Also Like

1 comentários

  1. To loucaaaa pra ver esse filme desde a estreia! Vou tentar ver o mais rápido possível. Acho essa temática muuuuito interessante <3

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir