Caro 2016,

Você já pode ir, já ficou tempo demais. Vai tirar umas férias, curtir uma praia e relaxar, porque ser você não está sendo nada fácil. Foi cada tiro, porrada e bomba que agora substituíram a expressão “cada dia é um 7x1” por “cada dia é um 2016”, e já te adianto que isso está longe de ser um elogio.

De forma sorrateiramente você levou o Alan Rickman, o David Bowie, o Domingos Montagner e até mesmo a democracia — primeiramente, Fora Temer. Não reconheço governo golpista. Foram tantas mortes que fica até difícil sair citando, mas uma coisa é certa, em cada um desses casos levou as pessoas a refletirem sobre a vida e sobre como ela é passageira, então fica a dica da gente passar a demonstrar mais para os amigos e conhecidos o que sentimos antes que seja muito tarde.

Acho que nem preciso entrar na questão dos relacionamentos, né? Você tá pior que amiga fura olho, cada dia tá sendo uma nova separação. As que mais chocaram as pessoas foram a separação do William Bonner e Fátima Bernades e Angelina Jolie e Brad Pitt, tudo bem que nunca vai chegar aos pés do término entre Chimbinha e Joelma, mas ainda sim tudo é muito sofrido. Se o meu namoro conseguir sobreviver até 2017 vou me considerar uma vencedora.

Na questão da política você também me decepcionou bastante. Para começar vamos falar do impeachment da Dilma Rousseff, tudo bem que ela não era perfeita, a grande questão é que foi um golpe. Vamos ter uma aulinha sobre política aqui: Dilma foi acusada de cometer pedaladas fiscais, que são atrasos no repasse do Tesouro a bancos públicos encarregados da operação financeira de alguns programas sociais, não é um crime de responsabilidade fiscal, tanto é que ela vai poder se reeleger nas próximas eleições — diferente do nosso queridíssimo presidente Fora Michel Temer, que é inelegível. Até o FHC cometeu pedaladas e nem por isso sofreu impeachment, como é que vocês me explicam isso? Também teve Crivella eleito como prefeito no Rio de Janeiro, e junto dele morreu a doce ilusão que eu tinha de que o Estado é laico. E o Trump venceu as eleições dos Estados Unidos.

Desse jeito fica até difícil de te defender 2016, é cada vacilo que você comete um atrás do outro. Vai se benzer, toma um banho com sal grosso, pois desse jeito não dá pra ficar não e o ruim é que sempre tem como piorar, pelo menos é isso que você vem me mostrando até agora — falta menos de um mês pro ano acabar e eu nem quero imaginar o que ainda pode acontecer.

Sinceramente espero que 2017 seja melhor e mais tranquilo, afinal de contas a população precisa de um tempo pra se recuperar de tudo o que você causou. Até parece que você foi escrito e produzido pela Shonda Rhimes, Quentin Tarantino e George R. R. Martin, que sentem algum tipo de prazer em matar os personagens preferidos das pessoas apenas para verem elas sofrendo. Sério 2016, não tá sendo nada fácil.


2 Comentários

  1. Melhor texto!!!!!!
    Já vai tarde mesmo, foram tantos momentos ruins que nem sei qual foi o pior.
    Espero que 2017 seja melhor!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol, tudo bem com você?
      Primeiramente, Fora Temer.
      Fico muito feliz que você gostou desse texto, tentei ao máximo colocar alguns dos principais acontecimentos desse ano.
      Também espero que 2017 seja bem melhor.
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir