Resenha: A Vingança Está na Moda

10:10

Título: A Vingança Está na Moda
Autor(a): Rosalie Ham
Editora: Casa dos Livros - HarperCollins Brasil
Número de páginas: 288
Classificação: 3/5

Não vou negar que a capa do livro sempre me chama atenção, às vezes acaba sendo até o principal motivo para que eu compre um livro já que acaba me despertando o interesse. E quando eu me deparei com a Kate Winslet toda loira, com um batom vermelho, com roupas com o estilo da década de 50 eu precisei comprar o livro "A Vingança Está Na Moda". Acabei ficando bastante curiosa para saber mais sobre essa história que estava conquistando várias pessoas com a sua adaptação para as telas do cinema.
"Apesar de ter sido escorraçada de sua cidade natal quando criança, Tilly Dunnage decide voltar, já adulta, em busca de uma nova vida. Munida de sua máquina de costura e seu requinte único, ela impressiona as mulheres provincianas de Dungatar com seus conhecimentos das últimas tendências da moda, mas não recebe muito em troca. Então, decide arquitetar um plano bem mais sombrio. Sem descer do salto.
Com muito humor negro e um tom satírico leve, Rosalie Ham conta uma história intrigante de amor, aceitação e vingança em meio às fofocas de um pequeno vilarejo. Ela convida o leitor a visitar o interior da Austrália e a conhecer personagens fascinantes cheios de intrigas, conduzindo a narrativa até uma reviravolta surpreendente."
Vinte anos após ter deixado a sua terra natal, ainda quando era apenas uma criança, Myrtle  Dunnage— agora conhecida apenas como Tilly. Um novo nome para um novo começo de vida —  resolve voltar para Dungatar, Austrália com o objetivo de apenas visitar sua mãe idosa, mesmo sabendo que é uma ideia arriscada uma vez que o seu passado ainda a persegue por lá de modo que ela seja considerada como uma persona non grata pela maioria das pessoas desse vilarejo rural.

Os anos que se passaram não fizeram bem para Molly Dunnage — também conhecida como Molly Maluca pelos moradores de Dungatar — desde que levaram sua filha embora, ela começou a viver mais isolada das pessoas do vilarejo e com o tempo a sua situação se tornava cada vez mais precária, alguns arriscavam até mesmo a dizer que ela estava morta. Com uma casa caindo aos pedaços e cheirando a xixi de gambá, isso acaba refletindo no estado de saúde em que Molly se encontra: um pouco demente, corpo frágil e uma grande falta de higiene.
"— Molly Dunnage não tem telefone há anos. Ela não saberia nem o que é um telefone.
— Eu escrevi — disse Tilly —, e ela não me respondeu. Será que não recebeu a minha carta?
— A velha Molly Maluca também não saberia o que fazer com uma carta — replicou a telefonista.
Tilly resolveu então que voltaria a Dungatar."
O reencontro entre mãe e filha não acaba sendo emotivo, muito pelo contrário, acaba sendo bastante difícil. Por conta da doença, Molly não reconhece sua própria filha, chega a pensar que ela é uma estranha que pretende lhe fazer algum tipo de mal. Já para Tilly, foi preciso ter muita paciência para conseguir lidar com a personalidade complicada e forte de sua mãe, além de ter todo o trabalho físico de colocar toda a casa em ordem.

A volta de Tilly para Dungatar causou um grande alvoroço para os moradores da cidade, que em um primeiro momento ficaram espantados por notarem uma estranha movimentação na casa da velha Molly Maluca, mas que depois não ficaram nem um pouco contentes com a situação, afinal de contas Myrtle Dunnage havia sido expulsa da cidade quando era criança. As únicas pessoas que não parecem se incomodar muito com essa situação foi o Sargento Farrat, que ficou impressionado com a máquina de costura de Tilly e as criações que ela fazia; e a família McSwiney já que sempre viveram um pouco a parte do restante dos moradores, em especial, Ted McSwiney que parece demonstrar um enorme fascínio por Tilly. No início ela tenta até negar a atração existente entre eles, mas esse sentimento acaba se tornando mais forte ao ponto dela esquecer de que está amaldiçoada, de modo que ela acaba se envolvendo com Ted.
Myrtle "Tilly" Dunnage (KateWinslet) e Ted McSwiney (Liam Hemsworth)
O objetivo central de Tilly é conseguir cuidar de sua mãe e lhe proporcionar uma vida melhor, além de conseguir ser aceita pelos moradores de Dungatar através de suas impressionantes habilidades com a costura. Seria muito bom que ela conseguisse deixar todo o seu passado para trás, e por um tempo ela até consegue, mas isso dura por um pouco tempo de maneira que ela passa a arquitetar uma enorme vingança para que todos do vilarejo paguem por tudo o que ela e sua mãe sofreram durante anos. E nesse processo novos segredos acabavam sendo revelados.
"Choveu intensamente a noite toda enquanto Tilly dormia um sono leve na cama da mãe. Eles foram vê-la, apenas por um instante, e saciaram seu coração. Teddy acenou e olhou para Pablo nos braços de Molly, e todos sorriram, Em seguida, desapareceram".
O livro é narrado sob a perspectiva de vista de vários personagens, o que inclui os muitos moradores de Dungatar, e ao mesmo tempo o que pode ser um pouco confuso (demora certo tempo para lembrar-se do nome de todos e quem eles são), também é algo que acaba enriquecendo a narrativa já que temos diversas opiniões diferentes sobre um mesmo acontecimento.

"A Vingança Está na Moda" se trata de uma história triste, carregada de um grande humor negro e muito sacarmos. Mesmo tendo alguns momentos engraçados, em sua maioria os problemas de convivência entre Molly e Tilly que tem brigas bastante engraçadas, mas, no geral, acaba sendo uma história bastante triste e o leitor é capaz de se emocionar com muitas coisas que Tilly viveu durante o seu passado e outras que ela vive ao longo da narrativa.

Eu me surpreendi com o livro, acabei gostando mais do que poderia imaginar e até mesmo fiz questão de assistir ao filme para poder comparar — não tenho nada do que reclamar, pois a adaptação ficou ótima. Dei boas risadas, achei linda a relação entre a Tilly e o Ted e também me emocionei bastante com todos os acontecimentos. Rosalie Ham soube como criar um surpreendente plot twist para a trama e a vingança no final de tudo foi grandiosa, achei digna levando em conta tudo o que a Tilly sofreu nessa vida. Acho que a minha única reclamação é desse livro não ser tão conhecido, pois eu iria adorar conversar com mais alguém que leu ele. De resto se trata de uma trama muito bem construída e o filme também é muito bom, então eu mais do que recomendo a leitura do livro e o filme para acabar dando uma complementada.

You Might Also Like

24 comentários

  1. Deve ser bem triste não reconhecer a própria filha né? Achei a história bem triste :( Mas fiquei com muita vontade de ler e saber mais informações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história como um todo é bastante triste, mas o fato de a Molly nem sempre reconhecer a Tilly é de partir o coração.
      Sou um pouca suspeita para falar algo, mas achei o livro incrível!
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  2. Que história legal, me lembrou Downton Abbey! A capa do livro é linda mesmo e o trayler me chamou a atenção. Vou procurar para assistir no Netflix!
    Bjos

    http://lenarico.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca cheguei a ver/ler Dowton Abbey, mas pelo o que eu já escutei falar parece que tem muitos segredos e intrigas. Achei a Kate muito linda nessa capa do livro, foi tipo amor a primeira vista.
      Sobre o filme: não achei na Netflix, mas se você procurar online é capaz de conseguir encontrar.
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  3. A capa do livro é linda mesmo.. e também me chama atenção na hora de comprar algum livro.. Adorei a sua resenha!
    Achei a historia desse livro bem interessante.. Vou colocar na minha listinha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Convenhamos que a Kate é uma linda naturalmente, mas nessa foto ela tá se superando, amei a roupa, o cabelo... amei tudo. A capa realmente é algo que chama bastante atenção.
      Fico feliz que você tenha gostado da resenha :)
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  4. Adoreeeei a história, como não sou muito chegada em ler livros, com certeza vou atrás do filme para poder assistir! Ah, também adorei seu post, parabéns. Beijos Elizangela Araujo | https://estilofemiinino.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo os livros e filmes, então sempre to procurando ler coisa nova ou me manter atualizada com os lançamentos no cinema. Eu achei o filme muito fiel ao livro, a atuação dos atores foi ótima e a história emociona de qualquer modo.
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  5. Gostei da resenha e do trailer, quero ver o filme pois pela resenha o livro parece ser muito bom e realmente a capa é extremamente imponente, mostra uma mulher de garra e fibra, mesmo com as dificuldades não desce do salto.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já tinha visto o trailer antes de comprar o livro, e como pareceu uma história interessante eu resolvi me arriscar. É bom sair da sua zona de conforto, ler um livro de um autor que você não conhecia, podemos nos surpreender com tudo isso. A Kate ta divando muito nessa foto hahaha.
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  6. Nossa é uma história bem triste, mas bem cheia de emoção e acontecimentos, quero muito ler esse livro e ver o filme também!!

    Luana Passete
    http://www.lefshop.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste, apesar de alguns momentos de alegria e descontração que tem. E os acontecimentos acabam se tornando muito envolvente, novos segredos são revelados, a vingança é colocada em ação! Recomendo tanto o livro quanto ao filme, são excelentes!
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir
  7. Adoro ler resenhas de livros e a sua está perfeita. Me deu uma vontade enorme de ler esse livro. já vou correr na livraria e procurar rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que você tenha gostado da resenha, sério mesmo. Vivo escrevendo resenhas de livro e filmes aqui no blog, então é bom ver que eu estou seguindo pelo caminho certo :) procura mesmo esse livro, ele é muito bom!
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir
  8. Que história mais linda! Eu sempre me encanto com as capas do livro também, nunca tinha visto esse livro aqui na minha cidade, vou procurar online para comprar. E já salvei o nome do filme tbm, deve ser perfeito. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro eu encontrei por acaso nas lojas americanas, tirando isso não notei uma grade divulgação dele nas grandes livrarias quem tem aqui em Belo Horizonte, o que é uma pena por se tratar de um ótimo livro e uma história super emocionante.
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  9. Ain que livro maravilhoso! já quero muito ler, apaixonada nessa capa! *-*
    A história é muito linda e adoraria tê-la em minha estante *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu recomendo muito esse livro, a história é muito bonita e emocionante. Foi uma ótima experiência conhecer essa obra da Rosalie Ham.
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  10. Nossa fiquei muito curioso para ver o filme! Certamente vou assistir, bacana a indicação e o seu blog. Parabéns, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde o início desse ano eu estava curiosa para ver esse filme, mas só fui assistir durante as férias e valeu a pena. Gostei bastante!
      Fico feliz que tenha gostado da indicação e do blog também!
      Bjs e volte sempre aqui!

      Excluir
  11. Nossa que demais essa historia, agora fiquei bem curiosa para ler o livro e assistir ao filme. Adorei a indicação!
    Adorei seu blog. Beijos e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente que você tenha gostado dessa indicação, e espero que goste do livro e do filme assim como eu gostei de ambos!
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir
  12. Não tinha ouvido falar nem no filme nem no livro! Adorei a história, sua resenha ficou ótima. Parabéns!! Com certeza procurarei para ler e assistir! Obrigada pela indicação <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente o livro e o filme não são muito conhecidos, o que é uma pena já que ambos contam uma história incrível.
      Não precisa agradecer pela indicação, apenas fiz o meu trabalho como blogueira.
      Bjs e volte sempre aqui no blog!

      Excluir