Imagem do Pinterest
Desligue o celular, deixe de lado as redes sociais por um tempinho, pare com os joguinhos. Fique offline, apenas viva a vida e aproveite um pouco sem precisar registrar por meios de fotos e o check-in do facebook. Capture as imagens por meio dos olhos e deixe guardado isso em suas memórias. Aproveite a experiência e os seus momentos, ria e se divirta junto dos seus amigos e familiares. Apenas viva!

Vivemos em uma sociedade em que a tecnologia está presente em todas as relações pessoais, basta sair que não vai demorar para encontrar um grupo de amigos que ao invés de estarem interagindo entre si ficam se comunicando por meio dos celulares. A tecnologia serve para aproximar as pessoas, mas ao mesmo tempo, também as afasta. Qual é a graça de sair para um encontro onde as pessoas só sabem ficar no celular? Qual é a graça de conversar com uma pessoa que não presta atenção no que você diz e fica só no celular? Qual é a graça de conversar durante horas pelo facebook ou WhatsApp, mas não conseguir conversar pessoalmente com essa pessoa? 

As pessoas precisam sair um pouco do celular e viver um pouco da vida real, deixar de lado essa vida virtual.

Outro mal que existe nas relações atuais são os famosos joguinhos: enrolar pra responder alguém, ignorar uma pessoa... Esse tipo de coisa não aproxima ninguém, apenas acaba fazendo com que se afaste. É um saco conversar com alguém que demorar pra responder, apenas pra fazer uma espécie de charme, não tenho paciência para esse tipo de coisa.

As pessoas precisam aprender a demonstrar mais o que sentem. Não ignore alguém que você goste ou é especial em sua vida. Não tenha medo de demonstrar o que você sente, se for preciso corre atrás da pessoa, manda textão falando o que você sente, abra seu coração, num papo reto, cara a cara. Mostre que se importa, ou se você pensar nela não tenha medo de dizer. Apenas demonstre.


3 Comentários

  1. Concordo completamente. Eu não sou de sair muito, mas quando saio com algum amigo ou amiga, é sempre assim. O celular não sai do meio da cara da pessoa. É terrível quando se está falando com uma pessoa que mau olha pra você.

    http://adssonc.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Bruna,
    boa noitinha!

    Eu passei por uma situação esse final de semana e seu texto super condiz com a nossa realidade, infelizmente. Os smartphones - a internet em geral - trouxe muitas facilidades, mas sinto que antes, nós vivíamos muito mais.


    Ahh, indiquei você a uma TAG lá no Cafofo. Vou deixar o link aqui.

    Beijocas,
    Reebeca Grauer, O Cafofo Literário.

    ResponderExcluir
  3. Verdade. Amei o texto. Bem contemporâneo e é um tapa na cara mesmo de quase todo mundo. rs

    Beijos, Thay.
    http://www.leitoranamoda.com

    ResponderExcluir