Título: Sempre ao Seu Lado
Autor(a): Rachel Gibson
Editora: Jardim dos Livros
Número de páginas: 242
Classificação: 3/5

Em um outro post aqui no blog eu deixei claro que tinha me tornado uma grande fã da Rachel Gibson e de seus livros, sendo assim eu procurei comprar e ler todos esses livros (ainda falta adquirir "Daisy Está na Cidade") e, no momento, o que eu mai encontrei dificuldade para comprar foi "Sempre ao Seu Lado". Todas as vezes que eu ia na Leitura não conseguia achar o exemplar do livro, mas o que acabou me salvando foi a minha tia que conseguiu achar o livro e me deu de presente de Natal.
"Considerado pelos leitores um dos melhores romances escritos por Rachel Gibson, "Sempre ao seu lado" narra a história de Maddie Jones. A personagem volta à cidade onde nasceu, com pretexto de concluir seu livro, um thriller policial com todos os ingredientes de um bom suspense, duplo homicídio e traição, em uma trama envolvente. O que ninguém sabe é que os fatos são verídicos, e boa parte foi descrita no diário de sua mãe, assassinada junto com seu amante. Maddie Jones está determinada a descobrir o passado sórdido da cidade. No entanto, ela não conta com a possibilidade de se sentir atraída por Mick Hennessey, filho da mulher traída."
O livro conta a história de Maddie Jones — que também utiliza o pseudônimo de Maddie Dupree nos livros em que ela escreve —, uma escritora de 34 anos que escreve livros do gênero romance policial, histórias baseadas em crimes reais. Ela é uma mulher bastante independente e que está de volta à cidade de Truly, Idaho a fim de escrever um livro baseado no assassinato de sua mãe Alice Jones que ocorreu há 29 anos naquela cidadezinha.
"Não, Maddie não tinha interesse no amor de um homem. O corpo era outra coisa, e ela queria um namorado ocasional. Um homem para vir várias vezes por semana para fazer sexo. Ele não precisava ter um papo brilhante. Na verdade, ele nem precisava levá-la para jantar. Para ela o homem ideal só precisava levá-la para a cama, depois ir embora (…)”   
Aos 24 anos de idade Alice Jones era uma mulher bastante atraente que havia tomado a decisão de ter e de criar a sua filha sozinha, sem um homem ao seu lado. E depois de ter se mudado para Truly não demorou muito para que ela se envolvesse em um caso extraconjugal com o atraente Loch Hennessy, afinal de contas, como era possível alguém resistir um homem como aquele? Não tinha como. E por se tratar de uma cidade pequena não demorou muito para que os boatos se espalhassem ao ponto de Rose Hennessy, a mulher traída. E que movida pelo ciúme e pela paixão acabou matando os amantes e si mesma logo em seguida. Essa foi uma história que marcou a vida dos cidadãos de Truly, principalmente, os filhos de todos os envolvidos.

Depois de tamanha fatalidade Maddie passou a morar sob a guarda de sua tia, e somente agora, 29 anos depois ela está pronta para revirar essa parte de seu passado. E para ajudá-la Maddie conta com alguns diários pessoais de sua mãe, que entre os vários assuntos que ela escrevia estava lá registrado o seu envolvimento com Loch Hennessy.

Contudo, Maddie não foi a única que acabou perdendo alguém no meio de toda essa tragedia. Rose e Loch deixaram dois filhos pequenos: Meg e Mick Hennessey, que tiveram suas vidas desde então marcadas por aquela tragédia. Por Truly ser uma cidade pequena, todas as pessoas praticamente sabiam do caso ocorrido e esquecer-se de tal fato parecia ser praticamente impossível, o que fez com que os dois garotos crescessem tendo de conviver com a reputação acarretada pelo crime passional que Rose cometeu.  Meg acabou se tornando uma pessoa um tanto quanto frágil e mãe de um garoto adorável chamado Travis. Já Mick, acabou se tornando um cara fechado que banaliza a ideia de algum dia se envolver em um relacionamento sério com alguma mulher, e assim como seu pai ele é um cara extremamente irresistível.
"Você é a última mulher que eu deveria desejar. E é a única que eu não consigo parar de pensar."
E do mesmo modo que Alice não foi capaz de resistir aos encantos de Loch, Maddie também não deixa de se sentir encantada por Mick, apesar de saber que não deveria se envolver justamento com o filho da assassina de sua mãe. Constantemente ela precisa se relembrar daquele fator importante, além de que está em Truly apenas por um tempo determinado até conseguir todas as informações que precisa para escrever o livro baseado no assassinato de sua mãe.

Mas não demora muito para que Maddie perceba que está apaixonada pelo Hennessy, e assim ela se encontra em uma encruzilhada em sua vida: continuar com o seu trabalho, ou contar para Mick que na verdade ela se chama Maddie Jones e os seus reais motivos para estar em Truly.
"Nunca sentira nada assim. Um tipo de amor que causava aquela sensação no estômago e aquele comichão na pele. Que a fazia querer segurar para sempre a mão dele, e se pregar no corpo dele, de forma que não soubesse mais onde seu corpo terminava e o dele começava"
E como em todos os livros da Rachel, as capas são uns amores e "Sempre ao Seu Lado" não é uma exceção à  regra. E de todos os livros que eu já li da Gibson esse foi o que a leitura mais demorou para fluir, só lá pela página 80 que eu fui ficando animada com a história e a partir dai a leitura deslanchou. A trama foi bem bolada, misturando alguns acontecimentos do passado com o presente de uma forma e clara do leitor entender o que está acontecendo em determinado momento. E o foco principal do livro está no relacionamento entre Maddie e Mick, e o livro que ela está escrevendo sobre sua mãe está mais para um plano de fundo da história, apesar de ser algo que apresenta tamanha importância no decorrer das coisas.

E foi bastante divertido rever a Delaney e o Nick Allegrezza, dois personagens que apareceram no livro"Loucamente Sua", me divertir tanto com esses dois na leitura do livro que foi muito bom vê-los novamente em "Sempre ao Seu Lado".

Apesar da demora para o livro me envolver e de diversos erros ortográficos, a leitura em si acabou sendo muito boa e como sempre a Rachel Gibson não me decepcionou. No geral eu recomendo a leitura de "Sempre ao Seu Lado" para as pessoas que estão a procura de algum passatempo, e também para as pessoas que são fãs de romance.

E somete ao final da leitura de "Sempre ao Seu Lado" eu descobri que ele faz parte de uma série comporta de quatro livros. Uma série de livros independente que você pode ler fora de ordem.
1. Sex, Lies, and Online Dating — Livro da Lucy.
2. I'm In No Mood For Love (Sem clima para o amor) — Livro da Claire.
3. Tangled Up In You (Sempre ao seu lado) — Livro da Maddie
4. Not Another Bad Date — Livro da Adele.


6 Comentários

  1. Nossa adorei a resenha, esse idéia de ter vários livros da mesma série mas poder ler eles fora de ordem é genial!
    Adorei as fotos!
    Estou seguindo seu blo, adorei aqui.
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado da resenha, sempre é bom ver o seu trabalho sendo valorizado de alguma forma. E acho perfeito o fato de você poder ler os livros fora de ordem, isso facilita muito.
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir
  2. Amei sua resenha! Fiquei muito curiosa para ler todos! Suas fotos ficaram uns amorzinhos <3

    Beijos, Li.
    eililian.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoalmente eu super recomendo os livros da Rachel Gibson, eles são muito bons. E fico contente que você tenha gostado da resenha e das fotos!
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir
  3. Morro de vontade de ler alguma coisa da Rachel Gibson. Todo mundo fala tão bem que a cada resenha que leio só fico mais animada. Apesar de você comentar que ele demora a fluir, foi a premissa que eu mais gostei, e penso em começar por ele e depois conhecer os outros. Adorei sua resenha, foi extremamente explicativa e ainda não estragou os mistérios da história !

    Beijos,
    Bia

    www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A primeira vez que eu ouvi falar dos livros da Rachel foi no blog da minha amiga quando ela resenhou o livro, e foi assim que eu conheci essa escritora incrível.Até hoje o livro que eu mais adorei foi "Simplesmente Irresistível".
      E que bom que você gostou da resenha e fico feliz em saber que eu não estraguei o mistério da história, pois eu tenho um talento nato para revelar alguns spoilers.
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir