Depois de muitos dias se postar no blog decidi que já era hora de explicar o motivo da minha ausência. Para começar, fiquei com uma leve falta de inspiração e não estava ficando satisfeita com os meus textos; o final de ano e o início sempre acabam sendo muito corrido devido às milhares de festas; mas o motivo principal foi: eu estava viajando! E agora vou contar um pouco da minha experiência nessas duas maravilhosas cidades, aqui no blog.

No dia 26/12, saí do calor de Belo Horizonte para enfrentar o frio da região Sul (minha mãe preferiu confiar nas palavras das pessoas que falavam "Aí vai estar quente, vocês vão morrer de calor" ao invés de confiar na previsão do tempo que indicava que uma frente fria estava se aproximando), mas apesar de todos os imprevistos que acabamos tendo de enfrentar foram duas viagens que acabaram valendo a pena.

Curitiba
Umas das coisas que mais me deixou encantada com a cidade é a organização dela: sem nenhum lixo no chão, canteiros bem cuidados e motoristas educados. Apesar de ter ficado apenas dois dias lá acabei me encantando pela cidade, e espero que no futuro consiga voltar lá novamente e conhecer Curitiba de forma mais calma e aproveitando melhor os passeios (tentar conhecer a cidade inteira em dois dias é algo bem corrido e pode ser complicado). E aqui estão alguns lugares que eu acabei conhecendo:

JARDIM BOTÂNICO DE CURITIBA: O Jardim Botânico de Curitiba é um dos principais pontos turísticos da cidade de Curitiba.Inaugurado em 5 de outubro de 1991, o jardim contém inúmeros exemplares vegetais do Brasil e de outros países, espalhados por alamedas e estufas de ferro e vidro, a principal delas com três abóbodas do estilo Art nouveau foi inspirada no Palácio de Cristal de Londres, do século XIX. A estufa é climatizada e mantém espécies da Floresta Atlântica como Caraguatá, Caetê e Palmito.



ÓPERA DE ARAME: A Ópera de Arame é um teatro brasileiro, localizado na cidade de Curitiba. É todo construído com tubos de aço e estruturas metálicas e coberto com placas transparentes de policarbonato, lembrando a fragilidade de uma construção em arame. De forma circular, a edificação é parcialmente circundada por um lago artificial, de maneira que o acesso ao auditório é feito por uma passarela sobre as águas.

TORRE PANORÂMICA: A única torre telefônica no Brasil com um deck observatório de turismo que está aberta para visitação. Com 109,5 metros de altura, foi inaugurada em 1991 e é um dos pontos turísticos mais visitados de Curitiba. O observatório tem um deck de 360º de visão.

De todos os passeios, o pior foi o da Torre. Ficamos durante horas em uma fila para comprar o ingresso, 5 minutos em uma fila para subir no elevador, 10 minutos (o tempo máximo permitido par permanecer lá em cima observando a vista) e mais uns 15 na fila para pegar o elevador novamente.

Gramado: Essa cidade mais me parece uma junção de Monte Verde + Campos do Jordão + uma pitada de mágica. É simplesmente linda. Cheia de flores, árvores e toda decoração de Natal que está servindo como decoração, faz parecer que Gramado saiu de algum tipo de livro. E como o meu avô disse "Aqui parece com alguma cidadezinha de algum país europeu".

Assim como em Curitiba, os motoristas são bastante educados (em Gramado não tem nenhum sinal de transito, os motoristas param no mesmo instante que um pedestre coloca o pé na faixa de pedestre. Pessoalmente, fiquei encantada com isso, pois aqui em BH o pedestre acaba sendo atropelado se for tentar fazer isso), e também não há lixo no chão. As hortências praticamente tomam conta da cidade o que torna a vista lindo de se ver, é tudo tão florido!


Como se trata de uma cidade pequena andar por lá é bem fácil, e o comércio não tem muito tipo de variedade: lojas de chocolate, artesanato, roupas... No final da viagem, eu e a minha família já havíamos decorado onde fica cada loja.
E aqui são alguns dos lugares que eu conheci, além de shows que eu presenciei (ao vivo e da varanda do meu quarto):

  • Rua Coberta
  • Museu do Perfurme
  • Igreja Matriz São Pedro Apóstolo
  • Canela
  • Nova Petrópolis 
  • Caxias do Sul
  • Cantina e Vinícola Tonet
  • Natal Luz
  • Lago Negro
  • Nativetaten
  • Carlio's Restaurant
  • Floreybal
Infelizmente, a chuva acabou atrapalhando alguns de nossos planos, como assistir o show do Nativetaten. Porém, devido a chuva que acabou caindo acabamos vendo o show pela varanda do meu quarto no hotel. Sem contar que, fez com que eu e a minha família ficássemos presos no hotel e um pouco dependente dele.


E como disse anteriormente, apesar dos problemas que precisamos enfrentar; algumas brigas que ocorreram, essa acabou sendo uma boa viagem que gerou boas experiências e lembranças. Fez com que eu conhecesse lugares novos, além de tentar superar um dos meus medos: viajar de avião.






10 Comentários

  1. Sempre tive vontade de ir em gramados. Parece ser uma cidade encantadora *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cidade é um amorzinho de tão linda e encantadora! A única coisa que atrapalhou um pouco foi o frio e a chuva.
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir
  2. Olá :) Nossa, que postagem maravilhosa, adorei! *--* ;D
    Sem dúvida, é muito bom e legal fazer viagens desse tipo, acredito que a sua foi uma ótima experiência, pois, percebe-se que esses lugares/pontos turísticos são lindos e organizados, além disso, possuem uma bela natureza e habitantes simpáticos. :D
    Nunca fui para essas cidades, mas quem sabe futuramente...
    Obrigada pela sua visitinha lá no meu blog! ;) Sinta-se a vontade para visitar quando puder e quiser. ;D Beijos!!!
    http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você falou tudo aí nesse comentário! Sem dúvida é uma experiência maravilhosa conhecer esses lugares turísticos; lindos e onde as pessoas são educadas.
      Não precisa agradecer a visita, e volte sempre aqui também.
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir
  3. Adorei o post. Quanto à Torre da Oi em Curitiba, realmente foi um passeio extremamente demorado e cansativo para o pouco que se viu. Você tem toda a razão, a vista do Empire States é realmente muito mais deslumbrante e a subida bem mais rápida, em comparação. Quanto ao frio, me desculpe, da próxima vez vou consultar a precisão do tempo...Pelo menos você ganhou uma linda jaqueta de couro. Achei desnecessário o passeio à Vinícola de Caxias do Sul, ainda mais que o que estava em jogo era um dia inteiro de compras em Canela. De nada adiantou os pedidos da ala feminina da viagem para ficar em Canela.....Marcos, você está nos devendo essa!!!! Ah, e a subida na Torre também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca mais voto nessa Torre da Oi, nem mesmo por dinheiro.
      O papai realmente está devendo essa pra gente, e no futuro eu sou capaz de cobrar isso dele.
      Bjs e te adoro <3

      Excluir
  4. Ah, e o enfrentamento do medo de viajar de avião é uma atitude muito importante de superação. Se não enfrentamos os nossos medos, eles ficam maiores do que realmente são. Te adoro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não importa quantas vezes eu viaja de avião eu nunca vou superar esse medo. É melhor aceitar esse fato ou me arrumar uma psicologa.
      Também te adoro <3

      Excluir
  5. Quero um dia poder visitar Curitiba... acho as cidades do Sul muito bonitas.
    Bjuss...adorei o post!
    Sucesso :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai adorar conhecer essas cidades!
      Bjs e sucesso com o blog!

      Excluir