"Cal Weaver (Steve Carell) tem quarenta e poucos anos e leva uma vida perfeita, com um bom emprego, filhos e um casamento com a namorada do colégio, Emily (Julianne Moore). Até que, ao descobrir que Emily o está traindo e quer o divórcio, sua vida desaba por completo. Forçado a voltar ao mundo dos solteiros, ele enfrenta as dificuldades habituais de quem não sabe mais como se portar para se aproximar de uma mulher. É quando entra em cena Jacob Palmer (Ryan Gosling), um amigo que passa a lhe dar algumas dicas."
Todo relacionamento passa por algum tipo de crise ou dificuldade, certo? O único problema é que dessa vez Cal Weaver (Steve Carell) parece não conseguir impedir a sua esposa Emily (Julianne Moore) de pedir o divórcio, ainda mais depois de descobrir que ela tinha o traído. A separação parece inevitável para eles. O casal têm três filhos, os dois caçulas, passam a viver com a rotina de guarda compartilhada: uma hora passam um tempo com a mãe, e em outra ficam na casa de seu pai.

Depois de vinte e cinco anos de casamento, anos ao lado da mesma mulher, Cal estranha um pouco a vida de solteiro. Apesar de amar muito sua esposa, o divórcio parece ter sido definitivo, de modo que ele começa a tentar sair com outras pessoas e começa a conhecer um pouco dos prazeres da vida de solteiro. O único problema é que se tratando de mulheres, Cal parece não levar jeito para sair com elas. E é nesse momento de sua vida que ele conhece Jacob Palmer (Ryan Gosling), um verdadeiro conquistador que sabe o que fazer para conseguir seduzir uma mulher.

Após conhecer um pouco da história de Cal, Jacob decide ajudá-lo e começa dando uma repaginada em seu visual. Cal larga as roupas confortáveis, os jeans enorme e os tênis esfarrapados por um visual mais elegante, porém apenas a mudança de roupa não é o suficiente. Cal precisa aprender ter uma atitude, além de como conversar com uma mulher e fazê-la se interessar por ele. É Jacob que ensina tudo para ele, tudo o que ele precisa saber. E de um homem que não sabia o que fazer após a mulher ter o deixado, Cal se transforma em verdadeiro conquistador, e com as dicas e aprendizados que recebeu ele começa a se envolver com diversas mulheres. Se trata de um breve caso, uma espécie de one night stand, e ele não aparenta ligar para os sentimento de cada uma dessas mulheres com quem se envolve, Cal apenas está aproveitando a vida, tirando todo o atraso por ser ficado tantos anos com apenas uma só mulher.

Paralelamente, em uma noite de suas várias conquistas, Jacob conhece Hannah (Emma Stone), uma futura advogada e que não parece ter interesse em se envolver com o homem, afinal de contas elas tinha um relacionamento estável e estada feliz. Tudo bem que o seu namorado não era o homem mais emocionante do mundo, mas, mesmo assim ela estava feliz ao lado dele, ou era isso o que pensava. Porém, tudo muda quando ela acaba se decepcionando com seu namorado.
Em um momento de grande impulsividade e loucura, motivado pelas grandes doses de álcool que tinha tomado, Hannah vai até o bar onde tinha conhecido Jacob na esperança de encontrá-lo. O seu objetivo com ele era apenas transar e nada mais, estava bêbada o suficiente para fazer aquilo, sem contar com a decepção que estava sentindo por conta de seu ex-namorado. Depois de algumas doses de bebida, uma dança ao som de "Time Of My Life" (sim, eles estavam imitando uma cena de Dirty Dancing'!) a noite deles acaba tornando um rumo surpreendente. Com várias risadas, Hannah e Jacob se envolvem em uma conversa divertida e profunda.

É um pouco clichê dizer isso, mas Hannah foi a pessoa responsável pela mudança de Jacob. Antes ele era um verdadeiro sedutor, quando olhava para algum casal a única coisa em que conseguia pensar era quão patético era aquilo. Contudo, após a entrada de Hannah em sua vida ele começou a perceber que queria aquilo, que queria uma oportunidade de amar. E com essa mudança de atitude, Jacob se afasta de Cal, uma vez que ele não tem mais interesse de ir ao bar apenas para seduzir as mulheres, ele finalmente tinha encontrado alguém de quem realmente gostava.

Com esse novo comportamento de seu amigo e uma confusão em uma festa familiar, Cal percebe que ainda tem tempo de lutar pelo amor de sua mulher e de seus filhos.
"Amor a Toda Prova" é um desses típicos filmes de comédias românticas, e com os clichês que todo mundo ama. Inicialmente tive um pouco de dúvida sobre como todas essas histórias iriam se unir, até criei algumas teorias (eu errei feio, mas pelo menos estava pensando no caminho certo), e achei genial o modo que encontraram para unir todos esses personagens.

E como uma grande fã do Ryan Gosling (que homem, desde essa época ele já era maravilhoso) e da Emma Stone, gostei de poder ver o primeiro trabalho dos dois juntos no cinema, até me lembrei dos dois em La La Land dando vida ao Sebastian e à Mia. Foi legar ver como os dois amadureceram e melhoraram a atuação e que até hoje eles possuem uma grande química.

Ficha Técnica

  • Título: Amor a Toda Prova 
  • Direção: John Requa, Glenn Ficarra
  • Duração: 1h58min
  • Gênero: Comédia, Romance
  • Elenco: Steve Carell, Ryan Gosling, Julianne Moore, Emma Stone, Analeigh Tipton, Jonah Bobo, Joey King e Marisa Tomei

Curiosidades:

  • Amor a Toda Prova é o 2º filme dos diretores Glenn Ficarra e John Requa. O anterior foi O Golpista do Ano (2010).
  • A turma do personagem Robbie está estudando o livro "The Scarlet Letter". Este romance serviu de base para o filme anterior de Emma Stone, A Mentira (2010).
  • Os produtores do filme ofereceram prêmios para quem conseguisse criar um bom título para o longa.
  • Segundo filme de Kevin Bacon como um antagonista de um ator da série The Office. O primeiro foi Super (2010), estrelado por Rainn Wilson.


Deixe um comentário