Harry  James Potter,
   Nem sei ao certo como começar essa carta, são tantas coisas que eu quero contar, emoções que estão a flor da pele que eu nem sei como iniciar isso daqui. The  Boy Who Lived. Master of Death. Undesirable No. 1. The Chosen One.  Muitos apelidos para definir apenas uma pessoa que, definitivamente, com o passar dos anos se tornou alguém muito mais conhecido do que você poderia imaginar quando morava em um armário debaixo da escada na Rua dos Alfeneiros nº 4. Se nessa época seu nome era conhecido em todo mundo bruxo quem dirá agora depois de todos os feitos que você realizou ao longo de sua vida, algo que você fazia desde um ano de idade quando sobreviveu ao ataque do tão temido Voldemort.
   Tão jovem e já enfrentando problemas e mais problemas, uma tendência que não mudou muito se levarmos em conta todas as confusões e aventuras que você se metia a cada ano em que estudava em Hogwarts. Acho até que você era uma espécie de ima que atraia confusões (mas isso é apenas uma teoria que eu guardo para mim mesma, e nessa carta eu não tenho o objetivo de explicar isso quem sabe eu não aborde esse tema em outra ocasião).
   E os feitos que você já realizou ao longo da vida não foram importantes apenas na esfera do mundo bruxo, não mesmo. Você fez parte e ainda vai continuar fazendo parte da juventude dos jovens, e querendo ou não vai acabar causando mudanças na vida das pessoas que te conhecem. Posso te garantir que essas pessoas vão se divertir, chorar, assumir uma postura mais séria, arrumar confusões e te acompanhar em todas as aventuras. E essa ligação estabelecida de longe pode ser quebrada, sendo assim acredito que muitas pessoas (estou incluída nesse grupo) vão fazer questão de divulgar a sua história para outras pessoas, para os filhos no futuro e vão permanecer leais junto de você até o fim, e nem mesmo a idade adulta o enorme passar dos anos vão conseguir apagar isso.
   Junto de você e dos seus amigos eu aprendi o que é lealdade; sobre amizades verdadeiras; que não devemos paralisar perante o medo; que as pessoas que nos amam nunca nos deixam de fato; também aprendi sobre perdoas as pessoas e que nunca devemos julgar a aparência de ninguém (as pessoas excêntricas podem ser bem legais); sempre lutar pelo o que acredita e por expressar os ideais que você defende e acredita...
   Você causou muitas mudanças em minha vida apesar de se tratar de um personagem literário, mas mesmo assim obrigada por tudo o que você já fez por mim e pelas mudanças que você pode causar nos futuros leitores.
   Bruna (uma grande fã que nunca vai te esquecer).


   J.K.Rowling,
   A senhora é destruidora, derrubadora de forninhos.
   Sei que esse não é o modo mais formal de se começar uma carta, ainda mais quando eu não tenho lá uma grande intimidade com você, mas vamos deixar a formalidade um pouco de lado já que essa frase inicial define bem alguns dos sentimentos que eu tenho em relação à senhora.
   Quem poderia imaginar que depois de tantas recusas, "Harry Potter" seria um enorme sucesso? Eu era apenas uma recém-nascida na época em que o primeiro livro foi lançado de tal modo que eu não tinha noção de nada, mas depois de um tempo e de pesquisar um pouco sobre a sua história eu posso afirmar que algumas pessoas pareciam não colocar muita fé na sua história, porém eles estavam obviamente enganados. Você foi a primeira pessoa que se tornou bilionária (em dólares) escrevendo livros, um verdadeiro exemplo que a repercussão e o sucesso de sua história foi enorme!
   Você conseguiu conquistar milhares de fãs e de alguma forma ajudou na vida de muitos deles, como no caso da Evanna Lynch que com seus conselhos conseguiu superar e se curar da anorexia; também tem o caso da adolescente Cassidy Stay, que foi a única sobrevivente de uma chacina que ocorreu em uma cidade dos EUA e que durante o funeral dos membros de sua família acabou citando um trecho dos seus livros: "A felicidade pode ser encontrada até nos tempos mais escuros. Basta que alguém se lembre de acender a luz."
   Você é muito mais do que alguém que escreve muito bem, ou que apenas alguém que escreveu seus livros pensando primeiramente em ganhar dinheiro. Você é alguém que tocou e mudou a vida de muitas pessoas, ensinou os jovens a sonharem e acreditarem na magia. E por isso eu tenho um grande orgulho de ser sua fã e se no futuro eu conseguir escrever tão bem como você vai ser uma enorme realização (tanto profissional quando pessoal).
   Obrigada por tudo.
   Bruna.


2 Comentários

  1. Genteeeeeeeeeeeeeeeeeeeee, que post mais perfeito!!!!
    Caraaaa, eu sou apaixonada por Harry Potter ♥
    Sua carta para o Harry foi linda e JK mudou e ensinou muitoooo para todos nós.
    Seu layout é igual ao meu ♥hahaha
    beijos e beijos
    www.naqueleoutono.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha gostado desse post, ainda mais que ele foi feito do mundo do meu coração! Os livros de Harry Potter tem um significado bastante importante na minha vida e eu aprendi muito com eles, e com a J.K Rowling!
      Esse layout é muito lindo, estou amando ele hahaha ♥
      Bjs e volte sempre ao blog!

      Excluir